titi

14 maio, 2013

Texto da semana!

Ooooi meninas (:  Aqui vai outro texto da semana, e como sempre, o texto da semana foi retirado do blog da Karine Rosa, acho que vocês já perceberam o quanto eu amo os textos dela né? hahaha
Então vamos conferir mais um: 



Palavras não ditas

Talvez meu cheiro ainda esteja intacto nos lençóis que nós costumávamos usar. E meu corpo continue marcado no lado da cama em que eu me deitava. É tão fácil conseguir imaginar seus olhos se encolhendo ao reparar que eu não vou entrar pela porta e me jogar em você, que minha ida dói até em mim. Minha falta rasga meu peito também. E embrulha meu estômago saber que você vai procurar uma mão que não vai estar lá para se entrelaçar na sua.

Mas ainda que doa, que rasgue e me embrulhe o estômago, no fundo em mim não fica mais nada. E em você permanecem todas as lembranças de uma vida que não vai mais acontecer. Em você ficam os sussurros de um passado que não te abandona, enquanto em mim fica apenas uma história finalizada com trezentas vírgulas e nenhum ponto final.

Então, eu vim só para dizer que eu sinto muito. Eu voltei só para frisar que eu queria estar. Eu queria estar na viagem ao Havaí que você planejou durante tanto tempo. Eu queria estar nas aulas de surfe que você me daria. E até nas quedas que você tentaria evitar. Eu queria estar nos seus próximos aniversários, nas comemorações das suas próximas vitórias e até nas lágrimas das suas próximas derrotas. Eu queria estar nos seus abraços, nos seus beijos e no seu coração. Não esquece disso nunca: eu queria.

E por querer tanto, meu peito dói outra vez. Ainda que, no fundo, não doa de verdade. Ainda que, nós dois sabemos, quem vai sentir a minha falta de verdade é você. Então, perdão. Por deixar o assento do avião vazio. Por ter quebrado tantas promessas. Por ter desaparecido sem chance de retorno. Me desculpa por não ter te dado a menina com os meus olhos que você tanto queria. Ou o menino com o meu gênio que você jurava que iria amar. Desculpa pelas palavras não ditas, os beijos não dados, os segredos não compartilhados. Eu só não pude prever.

Apenas perdão, amor. Por ter te segurado aqui. Por não ter te dado a chance de ter caído fora enquanto você podia. Por não ter largado a sua mão quando eu sabia que devia. Desculpa por ter feito tudo pela metade, por ter largado a porta do armário aberta, por não ter pago a conta do cartão de crédito. Pelos eu-te-amo não sussurrados e até pelas brigas não vividas. Perdão, amor. Pelos pontos finais que eu não dei e pelas vírgulas que te fiz engolir. Por toda essa nossa história incompleta que agora vai ter que, na marra, ter um fim.

Fim
Texto em homenagem a Iara Kimi. Inspirado no filme "A little bit of heaven". 

Texto feito por Karine Rosa, retirado do blog Karine Rosa
O que acharam do texto? Beeijos! Post por: F. Ribeiro!


7 comentários:

  1. Óla, vim da parceria p blogs conheçer seu cantinho...parabéns pelo espaço e muito sucesso no seu blog...seguindo! bjimm
    www.bybeiju.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi blog legal
    ja estou seguindo
    Bjos
    http://tvmirelen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lindo o texto! E adorei o blog!
    Seguindo :)

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  4. Bem bacana!
    Beijinhos ;*
    Tenha um dia abençoado!
    fashionableword.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha lido um texto dela, legal conhecer. Muito bom!

    Beijos
    Uma Perfeita Complicada

    ResponderExcluir
  7. lindo texto flor

    http://umpoucodetudo99.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir